sábado, outubro 08, 2005

O polegar...

Foi no dia em que o metal começou a apertar. Em que tinha cada vez menos ar para levar dentro…e calma.
Foi enganada pela magia que depois fugiu…
Fechou e pensou nos olhos, nas pequenas rugas que se iam formando, ainda por agitar.
Ele continuou sentado! A parte branca descobriu o anel, responsável e permitido. Que todos os dias ali ficava, abraçando o meio, para não cair.
Ela ia ajustando a companhia, forçando quedas e tropeções…à sua procura entre madeira de chão e pó.

Não conhecia todas as palavras para poucas falar. Escolheu esperar e não gastar. Foi de leve até saber, e tal temer…
O medo passou, na primeira vez, embora longe de alguns metros. Pensou…e não criou…

1 comentário:

maresia disse...

o ar para levar dentro? reaprender a respirar, reaprender a respirar... é o que nos faz mais falta! reaprender a respirar!