segunda-feira, setembro 12, 2005

águas paradas

onde boia uma folha. pequena, suspensa no ar, parece. porque o líquido nem se agita naquelas pequenas ondulações. fica ali. sossegado, suportando a folhinha. à espera de outra brisa que a leve.

3 comentários:

colher de chá disse...

E é tão bom ficar a observar...

n. disse...

e ficar a pairar, a boiar. sabe mesmo bem qdo temos tempo para isso.

polegar disse...

recorde-se, então, os momentos e o tempo. esse que não há.